06 Orientação Financeira

7 de novembro de 2018

Orientação Financeira

Assessoria nas decisões sobre investimentos e aplicações, baseando na contabilidade consultiva e nas melhores práticas do mercado.

Posted in Serviços
27 de outubro de 2018

A depender do ramo de atividade da empresa, o melhor enquadramento tributário será aplicar a alíquota de imposto diretamente sobre o faturamento, o que não considerará as despesas como dedução. Porém as mesmas deverão ser contabilizadas de toda forma.

Posted in FAQ
27 de outubro de 2018

Com certeza. O imposto de renda deverá ser apurado sobre os recibos emitidos mês a mês, obedecendo as faixas da tabela de imposto de renda de pessoa física.

Posted in FAQ
27 de outubro de 2018

Provavelmente porque não está havendo um acompanhamento do processamento das declarações. A malha fina ocorre somente após a declaração apresentar pendência na Receita Federal por um longo período, o que permite que o contribuinte corrija qualquer informação divergente e até mesmo que antecipe a malha caso não haja correção a fazer, mas sim apresentação de documentos.

Posted in FAQ
27 de outubro de 2018

A distribuição de lucros deve estar amparada pelo contrato social que definirá a maneira escolhida pela empresa para realizá-la, podendo ser ao final do exercício ou como antecipação. A partir disto, a contabilidade deverá cuidar para que o registro contábil deste evento esteja em consonância com o contrato.

Posted in FAQ
27 de outubro de 2018

Em linhas gerais, são passives de dedução no livro caixa as despesas profissionais do autônomo, ou seja, da pessoa que arca com as despesas do próprio trabalho. No entanto, a Receita Federal muitas vezes é generalista com relação ao que é dedutível ou não, contando com o bom senso do contribuinte para esta análise.

Posted in FAQ
27 de outubro de 2018

As vantagens para cada um destes enquadramentos tributários estão relacionadas ao esclarecimento de questões como previsão de faturamento da empresa, contratação ou não de funcionários, definição de pró-labore para os sócios, dentre outras. Desta forma, é necessário contar com uma assessoria capaz de fazer uma análise matemática para garantir a maior segurança possível ao se fazer uma das opções.

Posted in FAQ
27 de outubro de 2018

Pode. Com o advento da EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada), a empresa com um titular se tornou realidade para as profissões prestadoras de serviços regulamentadas por Conselhos.

Posted in FAQ
27 de outubro de 2018

Em linhas gerais, o profissional médico deve contar com uma pessoa jurídica quando a carga tributária na pessoa física ultrapassar o que ele pagaria se abrir uma empresa. No entanto, para tomar esta decisão, a análise deve ser personalizada, levando em consideração outros aspectos da vida profissional do médico.

Posted in FAQ
27 de outubro de 2018

Existem várias formas de atuação para redução de impostos dentro da legalidade. O mais importante é manter a contabilidade informada de toda e qualquer mudança na sua vida profissional que poderá acarretar a necessidade de rever o planejamento tributário vigente.

Posted in FAQ