O que é ISS? Imposto sobre serviços

Você sabe para o que serve este tipo de imposto? Quem é obrigado a pagar? Por que é importante saber isso?

Este artigo vai te esclarecer todas essas indagações e outros detalhes.

O que é ISS?

A sigla significa Imposto Sobre Serviços.

Lembra do antigo ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza)? Então, o ISS o substitui.

Esse imposto incide sobre a prestação de serviços e é de competência dos municípios e Distrito Federal, ou seja, todos os valores recolhidos são destinados aos cofres públicos municipais.

É importante lembrar que por ser um tributo de ordem municipal, as regras e alíquotas variam de um município para o outro.

É regido, a partir de 01 de agosto de 2003, pela Lei complementar 116/2003. Tem como fato gerador a relação de serviços contida na Lei nº 11.438/1997.

Quem precisa pagar o ISS?

O ISS deve ser pago por todas as empresas prestadoras de serviços que se enquadram nas obrigações da lei 116/2003 e pelos profissionais autônomos prestadores de serviços. 

Por isso, administradores, advogados, arquitetos, dentistas e médicos, que prestam serviços diretamente ao consumidor final são obrigados a contribuir com o pagamento do ISS.

Como é feito o cálculo do ISS?

No caso dos profissionais autônomos, é utilizada como base de cálculo uma tabela específica para cada tipo de serviço.

Nos demais casos, o valor utilizado como base do cálculo do ISS é o preço do serviço e com a alíquota municipal do ISS.

Entenda melhor:

Valor do serviço x alíquota do ISS = ISS

ISS e Nota Fiscal Eletrônica

Desde 2006, a NFe (Nota Fiscal Eletrônica) está sendo utilizada no Brasil. Este ano marcou um grande avanço no recolhimento do ISS.

Desta forma, é possível emitir o documento no próprio site da prefeitura da cidade, além de ficar armazenado eletronicamente na SEFAZ.

Quer mais dicas? Acompanhe os artigos em nosso blog. E lembre-se: qualquer dúvida, só entrar em contato. Estamos à disposição para te atender.